Logotipo

QUESTIONAR, EXPLORAR, DESCOBRIR:

TRÊS TEMPOS DE CIÊNCIA QUE VÃO MUDAR AS SUAS AULAS.

Esta é uma plataforma que reúne recursos para a aprendizagem das Ciências da Vida, desenvolvidos pelo Instituto Gulbenkian de Ciência. Destina-se a professores de todos os ciclos de ensino pré-universitário (básico e secundário), educadores (ensino pré-escolar) e comunicadores de Ciência, e a todos os curiosos pelas Ciências da Vida.

Aqui aprende-se ciência em três tempos que consideramos fundamentais para melhor entender o mundo que nos rodeia: questionar, explorar e descobrir.

Explore os nossos materiais e desafie-se, transformando as suas aulas num verdadeiro laboratório de criatividade e entusiasmo!

ATIVIDADES CIENTÍFICAS

Guiões de experiências e atividades desenvolvidos com a ajuda de cientistas do Instituto Gulbenkian de Ciência e adaptados para o ambiente de sala de aula.

VÍDEOS & ANIMAÇÕES

Produzidos para serem usados como ferramenta auxiliar às atividades científicas aqui propostas ou de forma independente.

ARTIGOS DE REVISÃO

Textos de revisão escritos por cientistas do Instituto Gulbenkian de Ciência que nos atualizam na biologia de hoje.

“Complementar ou substituir as aulas com estratégias ativas de aprendizagem e envolver os alunos na descoberta e no processo científico melhora a aprendizagem e a retenção de conhecimento.”

Jo Handelsman et al. (2004). Science Teaching. SCIENCE. 304:521-522

ATIVIDADES CIENTÍFICAS DE BIOLOGIA

ADAPTADAS PARA A SALA DE AULA

Ver todas as atividades

Seguimos uma metodologia própria baseada em perguntas que permite envolver ativa e autonomamente os alunos num ambiente de aprendizagem por si próprio.

VÍDEOS & ANIMAÇÕES ORIGINAIS

FALADOS EM PORTUGUÊS

A BIOLOGIA DE HOJE EM REVISÃO

POR CIENTISTAS ESPECIALIZADOS

Ver todos os artigos

TODOS OS NOSSOS RECURSOS SÃO PREVIAMENTE TESTADOS EM ESCOLAS E VALIDADOS CIENTIFICAMENTE

Professores de todos os níveis de escolaridade e investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) colaboram continuamente para fazer dos nossos materiais os melhores possível.

``Estas experiências apesar da necessidade de se fazer adaptações, (...), tornaram possível de uma forma lúdica criar pensamento científico, sentido crítico, capacidade de investigar, e de refletir sobre os resultados.``- Paula Farmhouse - educadora na EB/JI do Alto de Algés
``As atividades científicas realizadas constituíram um contexto privilegiado para a utilização de diversos procedimentos e capacidades (observar, registar, medir, comparar, contar, descrever, interpretar) que não são exclusivos da ciência existindo, por isso, uma forte conexão com outras áreas curriculares, nomeadamente com a matemática e com a linguagem oral e escrita.``- Paula Farmhouse - educadora na EB/JI do Alto de Algés, Oeiras
`` (...) é notória a evolução das aprendizagens dos alunos. Estes têm aderido com interesse a todos os temas propostos e desenvolveram uma considerável cultura científica. Desde as conceções alternativas dos alunos sobre os conceitos até ao trabalho prático investigativo, a evolução na aquisição de competências é considerável.``- Paula Paiva e Helena Gamboa - professoras do 1º ciclo na EB/JI de Porto Salvo, Oeiras
`` (...) nas atividades que foram propostas aos alunos pude constatar o gosto que os alunos sentiam por as desenvolver. Penso que os alunos ganharam confiança nas suas próprias capacidades.``- Helena Almeida - professora do 1º ciclo na EB/JI de Porto Salvo, Oeiras